TOP
Desenvolvimento Profissional Intraempreendedorismo Planejamento de Carreira Secretariado Executivo

“Como encontrar o trabalho dos sonhos no Secretariado?”

Muito se tem falado a respeito da necessidade de ressignificar a profissão de secretariado para acompanhar a transformação do mundo dos negócios e das relações humanas. Mas afinal, o que é exatamente isso e por onde começar? Neste artigo eu sugiro três pontos iniciais para começarmos uma conversa a este respeito.

 

Eu acredito que a ressignificação da nossa profissão passa por uma série de pilares estratégicos, dentre eles eu destacaria: a produtividade criativa, as competências pessoais e o intraempreendedorismo. Eu planejo trazer conversas sobre todos estes pilares, mas neste artigo eu proponho que conversemos sobre o terceiro deles: o intraempreededorismo.

 

– “Mas Simone, o que isso tem a ver com o trabalho dos sonhos?” – Calminha! 🙂 Venha comigo, nós vamos chegar lá, PROMETO!

 

Segundo a Wikipedia, intraempreendedorismo é “um sistema para acelerar as inovações dentro de grandes empresas, através do uso melhor dos seus talentos empreendedores. É um sistema que oferece uma maneira saudável para se reagir aos desafios empresariais do novo milênio.

 

Eu quero ser protagonista desta ressignificação e participante ativa na resposta aos desafios deste milênio – e você? E então: vamos juntos?!  \o/

 

 

1. CAPITAL HUMANO E CRIATIVO

 

‘‘Felicidade não é algo pronto. Ela parte das nossas próprias ações.’’

– DALAI LAMA

 

Se você chegou aqui por conta do título deste artigo, esta é a minha resposta para você: o trabalho dos sonhos é mais criado e construído do que encontrado. Sim! E intraempreender é um excelente caminho para construir um trabalho que tenha mais significado, com o qual você se identifique mais e, consequentemente, no qual você sinta-se mais feliz e realizado!

 

Quando pensamos em intraempreendedorismo como meio para inovar dentro de empresas, precisamos levar em consideração os nossos “talentos empreendedores” ou, em outras palavras, o nosso “capital humano e criativo”. E o que seria isso?

 

Capital humano e criativo é a combinação de seis ingredientes que estão na minha e na sua bagagem, já à nossa disposição, prontos para serem acessados a qualquer momento, mas que muitas vezes deixamos ali, guardadinhos, e nos esquecemos de usá-los em nosso dia-a-dia profissional, são eles: quem você é, o que você gosta, o que você sabe, o que você viveu, o que você aprendeu e quem você conheceu.

 

Sim, fazendo uma análise cuidadosa de cada um desses seis ingredientes especiais, você certamente será capaz de identificar o seu “capital humano e criativo” ou os seus “talentos empreendedores”, que podem, de alguma forma, ser combinados e aplicados no seu trabalho para que você comece a ter clareza de onde partir para começar a desenvolver um trabalho intraempreendedor no Secretariado, que vai resultar em inovação – mesmo que pequena – mas que fará a diferença, porque parte daquilo que é único em você, como pessoa e profissional. E como não ser feliz em nosso trabalho se estamos colocando nele o que há de melhor em nós, não é mesmo? 🙂

 

 

2. PONTO DOCE

 

“Um trabalho não é apenas um trabalho. É quem você é.’’

– ANÔNIMO

 

Depois de feita a análise do nosso capital humano e criativo, o próximo passo seria construir o “ponto doce” em nosso trabalho no Secretariado. Mas veja bem: eu disse CONSTRUIR, e não encontrar. Ou seja: você precisa deliberadamente lançar mão de algumas ferramentas e colocá-las em ação. E quais seriam elas? As ferramentas para começar a construir o seu ponto doce podem ser encontradas na intersecção de 4 importantes áreas que permeiam a sua vida pessoal e profissional: aquilo que você domina, aquilo que você gosta, aquilo que vem fácil para você e aquilo que interessa à organização na qual você está inserido.

 

Pare, pense e liste atividades para cada uma destas 4 grandes áreas e em seguida tente combiná-las – o resultado desta combinação seria o “ponto doce” do seu trabalho, e este é o melhor ponto de partida dar início ao seu projeto intraempreendedor no Secretariado.

 

Mas, ei! Não se frustre se não conseguir criar o seu ponto doce logo de início. E também vale dizer que está tudo bem se você não conseguir usar tudo o que levantou para criar o seu ponto doce. Você pode e deve escolher aquelas atividades que são possíveis de serem combinadas (use a sua criatividade para pensar em diferentes combinações!) e comprometa-se! Comece a desenvolver algo que seja o mais próximo possível do que foi levantado por você e o seu engajamento vai te trazer, com o tempo, clareza e experiências incríveis, que vão se complementar e te ajudar a seguir construindo o seu “ponto doce”. É uma jornada para toda a sua carreira, e não um destino único – aproveite!

 

 

3. SENTIMENTOS DESEJADOS

 

Além de ajudar a construir um trabalho que tenha mais a sua cara, intraempreender impulsiona o desenvolvimento de sua carreira. Sim, se você deseja crescer em sua carreira, intraempreender vai te dar oportunidades de desenvolvimento pessoal e profissional.

 

Mas atenção: a motivação para intraempreender no Secretariado precisa estar dentro de você, precisa originar-se de suas ambições profissionais e planejamento de carreira de curto, médio e longo prazo. Você pode sim buscar INSPIRAÇÃO no mundo ao seu redor, mas a MOTIVAÇÃO, ah! Esta precisa partir daí de dentro!

 

E para te ajudar com a motivação, quando você estiver pensando em sua carreira ou em seu trabalho, pergunte-se não apenas onde você deseja estar daqui um, dois ou cinco anos, mas pergunte-se por quê e quais são os “sentimentos desejados” que você experimenta ao visualizar-se em cada um desses cenários.

 

“O momento em que você diz sim para agir em direção ao seu desejo é o verdadeiro começo.”

– DANIELLE LAPORTE

 

Danielle Laporte acredita que nós não desejamos coisas, mas que nós desejamos experimentar o sentimento que elas geram em nós. Ou seja, para cada ambição que você tenha de carreira, pergunte-se “qual é o sentimento desejado que está por trás dessa conquista? Se eu conquistasse isso hoje, como eu me sentiria? Qual sentimento é provocado em mim quando me visualizo nesta situação?”.

 

Quando temos clareza do que desejamos sentir, podemos começar a colocar em prática desde já estes sentimentos, e experimentá-los ao longo de nossa jornada, antes mesmo de alcançarmos aquele objetivo final, e intraempreender pode te possibilitar esta experiência!

 

Você pode usar os seus sentimentos desejados como um sistema de orientação para a sua tomada de decisões a respeito dos rumos da sua carreira no Secretariado. Por exemplo: se você planeja ser um profissional docente no Secretariado, talvez os sentimentos desejados por trás desta ambição de carreira tenham a ver com “sentir-se útil por ajudar ao próximo” ou “sentir-se realizado por transferir conhecimento”. E aí eu te recomendo uma reflexão: como você pode começar a experimentar estes sentimentos antes mesmo de fazer essa transição de carreira? Uma alternativa poderia ser intraempreender em um projeto que te dê o mesmo sentimento, como por exemplo, criar um programa de mentoria para profissionais iniciantes na carreira dentro da sua empresa, como jovens aprendizes. Ou ainda, desenvolver um programa de integração e capacitação de novos profissionais de secretariado que se incorporem à empresa.

 

Mas atenção: este é apenas um exemplo. Para a sua prática de identificação de sentimentos desejados, lembre-se de partir da consideração do seu capital humano e criativo e de trabalhar o seu ponto doce – cada pessoa é única, está em uma jornada singular e tem uma bagagem exclusiva. Valorize e explore tudo aquilo que te faz único – é isso o que vai te destacar na jornada do intraempreendedorismo no Secretariado!

 

E se você se identificou com o nosso papo porque já desenvolveu ou está desenvolvendo um projeto intraempreendedor no secretariado, algo que resolveu um problema, curou uma dor, ajudou a otimizar um processo ou implementou algo novo que facilitou a vida de alguém – eu tenho um NOVIDADE sensacional para você: O PRÊMIO PROFISSIONAL DE SECRETARIADO DO ANO!

Uma iniciativa da Minder Group e da SEC Talentos Humanos, o Prêmio Profissional de Secretariado do Ano apoia e reconhece a criação e o desenvolvimento de projetos inovadores por profissionais de Secretariado. Até mesmo as pequenas ações que dão resultados podem ser inscritas!

– COMO EU PARTICIPO? Acesse www.conasec.com.br/premio/ , leia o regulamento e inscreva-se!

– QUAL É O PRAZO? As inscrições vão até 30 de abril – não perca essa oportunidade!

– COMO FUNCIONA? Todos os projetos submetidos são avaliados pela Comissão e os 5 melhores projetos serão avaliados pelo público. Os vencedores serão premiados durante a CONASEC – Conferência Nacional do Secretariado, em 19 de outubro de 2018.

– QUERO SABER MAIS! Acesse: www.conasec.com.br

Simplificar a rotina de empresas, equipes e executivos não é tarefa fácil! Chegou a sua vez de ter o seu talento reconhecido! Participe contando seu projeto de destaque e boa sorte! 😀

 

E aí: você se identificou com este perfil intraempreendedor? Se sim, compartilhe com a gente os seus projetos na área de Secretariado! Conhece algum profissional de Secretariado que tenha esse perfil ou que gostaria de receber este conteúdo? Compartilhe este artigo com ele! 😉 E, como sempre, eu te espero nos comentários para continuar a nossa conversa! 🙂 Vamos juntos! \o/

 

 

PSIU 1: ei, você de Brasília e região! Já viu que está rolando evento gratuito, com conteúdo de qualidade e super relevante? Vai ser dia 16/4 – está esperando o que para se inscrever? Saiba mais aqui! 😀

 

PSIU 2: este artigo foi inspirado e adaptado de meus aprendizados com o curso online de empreendedorismo criativo Decola!Lab, realizado pela Espaçonave e ministrado pela Rafaela Cappai, estudo ao qual eu venho me dedicando nos últimos meses. Para saber mais, clique aqui!

Comentários

Tags:     

«