TOP

Olá, pessoal! Tudo bem por aí?

Uma nova semana vem começando, trazendo consigo oportunidades para recomeçar, aprender e crescer!

 

Aqui em nossa comunidade já estamos no vigésimo primeiro artigo desta série de posts diários, que será composta por 30 dicas (que teoricamente deveriam ser curtinhas, mas na maioria das vezes eu acabo me estendendo – rssss!) sobre transição de carreira, compartilhadas por mim, e baseadas em minha experiência profissional de mais de 10 anos de carreira como assistente executiva.

 

Ao longo desta nossa jornada, vimos que estar em transição de carreira pode nos ensinar muitas coisas, se estivermos atentos e abertos para isso, e também que podemos nos desenvolver em muitos aspectos de nossa vida, tanto do ponto de vista pessoal como profissional.

 

Até aqui conversamos sobre como cuidar melhor de nós mesmos, a respeito de como podemos preparar o melhor material possível para nos apoiar nesta jornada por recolocação no mercado de trabalho, falamos também sobre como podemos melhor nos preparar para entrevistas e ainda, sobre como tirar o melhor proveito inclusive da fase pós-entrevistas.

 

Hoje começaremos um novo bloco e a partir de agora estaremos conversando sobre #ManutençãoDaSuaCarreira. Sim, porque todos nós precisamos estar atentos a este tema, quer estejamos ou não em transição de carreira, porque aquele que desenha sua trajetória profissional posicionando-se sobre este aspecto de maneira deliberada, com certeza receberá maior apoio de sua rede de contatos quando precisar acioná-la e, ainda mais importante, deixará sempre um legado positivo por onde passar.

 

E a dica #21 é: construa pontes!

 

No primeiro post deste bloco, eu gostaria de encorajar você a ser sincero e transparente com o seu atual gestor. Sim, eu te encorajo a construir uma ponte com ele e aproveitar as oportunidades que surjam – ou, caso elas não existam, a criá-las – para falar com ele sobre suas ambições profissionais e plano de carreira.

 

Por algum motivo existem duas crenças contraditórias e muito estranhas no mundo corporativo, que partem de dois princípios: 1) os chefes sabem (ou deveriam saber) de todas as aspirações de seus colaboradores e 2) os gestores não devem saber e não é necessário falar com eles sobre este tema.

 

Se você trabalha em um ambiente onde existe transparência e respeito às pessoas, acredite: vale a pena conversar com seu superior imediato sobre estes assuntos. Não espere que o seu gestor saiba onde você deseja chegar. Uma das atribuições dele é exatamente apoiar você em seu desenvolvimento e com certeza ele o fará se você construir a ponte para isso.

 

Uma historinha rápida: eu trabalhei alguns anos como assistente de uma gerente executiva, que foi uma excelente chefe para mim, uma das melhores que eu já tive até hoje. A empresa era muito boa também. Porém, eu já estava lá há algum tempo e não via oportunidade de crescimento no curto ou médio prazo. Esta minha chefe sabia das minhas ambições, do meu plano de carreira, apoiou ativamente o meu crescimento nos anos em que estive lá, e inclusive chegou a conversar com o RH para saber se existiria alguma possibilidade de movimentação para meu crescimento na empresa. Quando a oportunidade finalmente apareceu, não era lá dentro, mas sim um convite de fora. E eu pude contar para ela que eu havia sido convidada para participar de um processo seletivo, recebi seu total apoio e quando eu me desliguei da empresa para seguir meu caminho, foi uma mistura enorme de emoções. A expectativa pelo novo versus o apego ao que eu tinha ali e que era tão bom! Construir esta ponte com certeza foi uma das melhores coisas que eu fiz no período em que eu trabalhei lá, e fez com que tudo fosse mais leve e recompensador.

 

Posso ir mais além? Mais do que falar sobre, eu gostaria de te incentivar a demonstrar sua determinação com suas atitudes. Se você aspira um cargo mais alto, aja como se já o ocupasse. Como? Engajando-se! Produza, colabore, participe, ajude, coloque-se à disposição! Não tenha medo de se expor, e lembre-se que a responsabilidade por seu desenvolvimento e pelo crescimento de sua carreira É SUA – e apenas sua!

 

Aproveite todas as oportunidades que tiver para mostrar suas habilidades e potencial, por meio de uma contribuição genuína no meio onde você atua, e as pessoas naturalmente verão em você as competências necessárias para galgar o próximo nível que você tanto anseia.

 

Gostaria de te convidar a refletir sobre este tema nesta semana e avaliar se você tem feito manutenções constantes nas pontes de sua trajetória profissional! Não apenas com seu superior imediato, mas também com seus pares e colegas.

 

Assim como qualquer coisa na vida, a nossa carreira também precisa de manutenção constante. É um eterno exercício, e a melhor maneira de seguir por este caminho. Construir pontes exige confiarmos no próximo, exige sermos vulneráveis. Sigamos nossa trajetória profissional certos de que um dia colheremos tudo aquilo que plantamos! Então, que possamos escolher muito bem as sementes que lançamos ao longo desta jornada!

 

Terminamos por aqui! Se o conteúdo deste artigo fez sentido para você, curta, comente, compartilhe e conte para os seus amigos! Vamos espalhar esta mensagem e incentivar todos ao nosso redor a viver o dia-a-dia profissional com mais consciência e atentos a manutenção que precisa ser feita constantemente!

 

Obrigada por nos acompanhar e até amanhã, em mais um post da série!

#SecretariadoComSimone #30ideias30dias #DecolaLab2017 #ManutençãoDaSuaCarreira #TransiçãoDeCarreira

Author: Simone

Bacharel em Letras pela USP, Técnica em Secretariado Executivo, fluente em inglês, espanhol e português. Criadora do Secretariado com Simone, atualmente vivendo em Santiago do Chile.

Comentários

Tags:      

«
»