TOP
Produtividade Secretariado Executivo

“Produtividade no Secretariado”

Gosto muito do meu trabalho e me lembro de ter este sentimento ao longo de grande parte da minha carreira no Secretariado. Me sinto útil, gosto do fato de que cada dia é diferente do outro, de navegar pelas diferentes áreas da empresa, de ajudar pessoas. Ultimamente tenho gostado de me observar em situações desafiadoras, exercitar a atenção plena, respirar. E tenho encarado cada dia de trabalho como se fosse uma experimentação. Uma oportunidade de testar. Um laboratório da minha própria produtividade.

 

Mas, não foi sempre assim. Eu passei por um burnout.

O autor Adam Grant no livro “Dar e Receber” comenta que um dos motivos dos empregados sofrerem deste estado de esgotamento físico e mental é o fato de sentirem que não estão fazendo a diferença com o seu trabalho. E houve uma época, bem recente, em que eu me sentia assim. Triste. Nunca pensei que passaria por isso. Mas esse desgaste não surgiu de repente não, ele já me dava sinais e veio de uma sequencia de situações nas quais eu me sentia desvalorizada, desacreditada, sobrecarregada e desrespeitada.

 

“A percepção do impacto serve como um amortecedor contra o estresse, permitindo que os funcionários evitem o desgaste (burnout) e mantenham sua motivação e desempenho.” (Adam Grant)

 

Quando eu passei por isso, conversei com algumas amigas queridas, que também são colegas de profissão e, ainda bem, elas não estavam passando por essa síndrome de desgaste profissional. Porém, elas me contaram que se sentiam mais sobrecarregadas do que nunca, agoniadas, cansadas, com a sensação de “não dar conta do recado”, que o trabalho era infinito e estressante e esgotador e… OPS…! Eu poderia entender que EU tivesse dificuldade de gerenciar meu tempo e minha produtividade. Mas ELAS?! NÃO!! Elas jamais!

 

Elas foram minhas mentoras (mesmo que informalmente <3) em épocas diferentes da minha carreira e para mim sempre foram exemplos de pessoas e profissionais. Dedicadas, entusiasmadas pela profissão, curiosas, mão na massa, parceiras – sabe aquelas pessoas do bem, maravilhosas e que se destacam? Então, cada uma do seu jeitinho, elas fazem parte desse grupo! 🙂

 

Eu já estava recuperada emocionalmente nessa época, mas percebi que um padrão se repetia. Um emprego após o outro, a situação era a mesma: sobrecarga, cansaço, conflito de valores, estresse, agonia, sentimento de não ser suficiente, desconexão, falta de identificação com o que eu tinha que fazer e com o onde eu estava executando aquilo. Somado a isso, não saia da minha cabeça os relatos das minhas amigas, então eu fui ligando os pontos.

 

Foi então que eu decidi encarar de frente o fato de que se esse padrão se repetia, ele não era externo a mim, mas havia algo dentro de mim que eu precisava ajustar para não passar mais por isso. Eu entendi também que não era um problema exclusivo meu. E eu queria encontrar a solução para ele.

 

Stephen Covey em seu livro “7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes”, fala que todos temos um círculo de preocupação e um círculo de influência. Ele defende que para todas as situações que nos geram problemas na vida, há um círculo de influência e um círculo de preocupação. Não temos como agir ou causar impacto sobre todos os nossos problemas, porém, sempre há uma área sobre a qual nós podemos exercer influência – e precisamos identificá-la para poder atuar sobre ela.

 

 

Ou seja, o que está ao meu alcance para ser melhorado nesta situação que me preocupa e incomoda?

 

“Pessoas proativas concentram os seus esforços em seu Círculo de Influência. Elas trabalham em coisas sobre as quais elas podem fazer algo a respeito.” (Stephen Covey)

 

Foi então que eu comecei a pesquisar e estudar sobre produtividade e organização. Isso foi no final de 2017. Quem acompanha o Instagram do Secretariado com Simone viu de perto o processo de instalação do GTD na minha vida no início de 2018, e foi assim que eu comecei a colocar a mão na massa.

 

Desde então eu venho lendo livros, fazendo cursos e, principalmente, testando técnicas e me observando, no dia a dia de minha rotina, para aprender a gerenciar meu tempo, minha energia e as minhas atividades.

 

Se você ficou preocupado comigo, saiba que agora está tudo bem! =) já estou ótima e voltei a amar o meu trabalho e me identificar com ele. Percebi que eu sou responsável pela gestão da minha produtividade e que se eu me dedicar a isso, posso viver uma vida tranquila e ter clareza e presença em minha mente. Não quero estudar e aplicar produtividade na minha vida para trabalhar mais. Não. Quero fazê-lo para viver melhor, para continuar amando o meu trabalho e para criar propósito nele todos os dias!

 

Pois bem, tem uma coisa bem bacana nisso: quando você se conecta com você mesmo e com o que realmente importa, as pessoas e as oportunidades que estão nessa mesma sintonia vem de encontro a você! E nessa jornada eu pude conhecer a Michelle Rodrigues, Especialista em Produtividade e Gestão do Tempo.

 

Este ano, na CONASEC 2018, vai rolar a palestra da Michelle sobre a metodologia de produtividade GTD. Ela foi super querida e aceitou gravar um vídeo comigo para o canal do Youtube Secretariado com Simone.

 

Para realmente ajudar a comunidade de Secretariandos com este vídeo, eu fiz uma pesquisa no Stories do Instagram do Secretariado com Simone e a galera que participou contou que as suas maiores dores com relação a gestão do tempo eram: FOCO e PROCRASTINAÇÃO. E é por isso que eu quero te convidar a assistir este vídeo, onde a Michelle dá 5 dicas (e 1 dica bônus!) sobre como trabalhar com mais foco e deixar de procrastinar!

 

Eu te convido então a assistir este vídeo que Michelle de forma tão generosa aceitou gravar, compartilhando conhecimento enriquecedor e muito prático, que eu tenho certeza que você poderá aplicar desde já na sua rotina, para sentir mais leveza, realização e tranquilidade no seu trabalho no Secretariado.

 

Espero que você curta e te convido a acompanhar sempre o Secretariado com Simone, porque, como eu te contei lá no comecinho deste texto, eu vesti o crachá de hacker da minha própria produtividade, como diz a Gabriela Brasil, e vou compartilhar tudo isso com você por aqui!

 

Se você tem alguma dica de produtividade, deixe aqui em baixo nos comentários! Vamos crescer e nos ajudar como uma comunidade de Secretariandos! Se você tem dúvidas, deixe a sua pergunta aqui. Estou sempre de olho nos assuntos que te interessam para trazer conteúdo relevante para você!

 

Grande abraço e vamos juntos nessa jornada de ser uma pessoa melhor a cada dia e fazer o nosso trabalho melhor a cada dia – e para isso, a produtividade é essencial!

 

PSIU: você está sabendo da CONASEC, né? A Conferência Nacional do Secretariado acontece em 19 de outubro em São Paulo e você, Secretariando, tem 30% de DESCONTO! É isso mesmo! Basta informar o código: SIMONE_30OFF_CONASEC. Para mais informações sobre o evento, clique aqui. Corra e converse com o seu gestor! Quem sabe a sua empresa aceita investir nesta oportunidade de reciclagem para você!

 

PSIU 2: está rolando outro SORTEIO de entrada CORTESIA para a CONASEC 2018 aqui no Secretariado com Simone. Quer participar? CLIQUE AQUI E CONCORRA! Mas corra, porque o sorteio é só até dia 8 de setembro! 😉

 

PSIU 3: já baixou o e-book gratuito “30 Dicas de Transição de Carreira no Secretariado”? Ainda não?! Então BAIXE AQUI!

 

ASSISTA O VÍDEO AQUI:

Author: Simone

Bacharel em Letras pela USP, Técnica em Secretariado Executivo, fluente em inglês, espanhol e português. Criadora do Secretariado com Simone, atualmente vivendo em Santiago do Chile.

Comentários

Tags:  

«
»